Uma dúvida muito comum entre aqueles que estão a escolher a cidade para morar no Canadá é saber como é o mercado de trabalho. Tendo morado em Toronto por 1 ano e meio e agora, morando em Vancouver, vou contar aqui um pouco como foi a minha e a experiência de alguns amigos em relação à busca por emprego nestas duas cidades.

Falar sobre o mercado de trabalho como um todo é uma coisa muito ampla, e não dá para cobrir completamente em um único post. Minha intenção aqui é apenas compartilhar nossas experiências, para ajudar um pouco quem ainda está escolhendo a cidade onde vai morar.

Aplicações online

Como já foi dito no post “Job search: you’re doing wrong”, o mais importante para conseguir um novo trabalho é investir em networking. No entanto, construir um networking realmente efetivo leva um certo tempo. Por isso, para este primeiro emprego, eu fiz também bastante aplicações online.

Com as aplicações online, pude confirmar o que as estatísticas apontam: o retorno para aplicações online é baixíssimo, algo em torno de 5%. No entanto, eu percebi uma diferença no retorno dado pelas empresas quando comparamos Vancouver e Toronto.

Toronto:

Em Toronto, tanto eu quanto amigos meus, tivemos um retorno muito baixo. É como se o seu Résumé fosse uma agulha no palheiro. Convites para entrevistas surgiram, principalmente, de empresas onde a gente tinha algum contato. Houve casos em que fizemos aplicações online e não recebemos nenhuma resposta. Em seguida, conseguimos um contato na mesma empresa. Fomos chamados para a entrevista para a mesma vaga cuja aplicação havia sido feita online, sem sucesso.

O mais interessante foi perceber que este contato não precisa ser alguém que já tenha trabalhado ou estudado com você, ou que te conheça bastante. Pode ser alguém que você tenha conhecido no Uber, por exemplo (tenho vários amigos que fazem networking assim).  Basta que você conheça alguém que tenha um contato dentro da empresa e isso já é suficiente para que seu Résumé chegue nas mãos de quem faz a seleção para as entrevistas.

Vancouver:

Já em Vancouver, eu percebi um retorno mais efetivo das empresas para as aplicações online. Eu não sei precisamente qual a taxa de retorno, mas posso garantir que foi bem maior. Fiz aplicações até para vagas anunciadas no Craigslist e recebi retorno para várias delas, com convites para entrevistas. Cheguei a ser selecionada para uma destas vagas do Craigslist, mas acabei recusando em função do tamanho da empresa. (No meu caso, preciso trabalhar em uma empresa com mais de 5 funcionários para poder aplicar para o PR via programa provincial).

 

Percebi, então, que aqui em Vancouver, a necessidade de indicação (o famoso QI = quem indica) para conseguir uma entrevista de emprego é bem menor do que em Toronto. Não sei se isso é característica cultural da região, ou se é porque aqui há uma proporção maior de empresas pequenas.

Uso do job board do College

Toronto:

Eu estudei no Seneca College e tentei utilizar o Seneca Works para aplicar para vagas de trabalho em Toronto. Entretanto, não achei muito efetivo. Primeiro, porque muitas das vagas anunciadas no Seneca Works eram “entry level” e nós estávamos overqualified para a maioria delas.

Além disso, havia poucas vagas voltadas para Engenharia Civil. Talvez devido ao fato do Seneca ser um College bastante grande, com cursos nas mais diversas áreas, a oferta das vagas acaba sendo “dividida” entre as várias especialidades do College.

Fora isso, acredito que o fato de haver vários bons Colleges em Toronto acabe pulverizando as vagas entre eles. As empresas têm várias opções para anunciar suas vagas.

Em suma: aplicamos para poucas vagas do Seneca Works e não recebemos retorno de nenhuma delas.

Vancouver:

Aqui em Vancouver, a presença do BCIT é bastante forte. Bastante vagas são publicadas no e-jobs do BCIT e as empresas dão um bom retorno para os candidatos destas vagas. Fora isso, é bem comum pedirem que o candidato tenha um diploma do BCIT nos anúncios das vagas. Eu acabei conseguindo aplicar para algumas vagas do BCIT, porque uma amiga me repassava os anúncios de lá. Eu achei o retorno bom e consegui algumas entrevistas – embora nenhuma tenha resultado em contratação.

Empresas de Recrutamento / Head Hunters

Toronto:

Cheguei a criar perfil em algumas das empresas de recrutamento em Toronto. Tentei também me conectar com os recrutadores via LinkedIn e o retorno foi baixíssimo. Ninguém nem responde sua mensagem. Um dos meus amigos que também fez algumas tentativas, recebeu retorno de um único recrutador, dizendo que Construção Civil não era especialidade dele.

Pode ser que tenha faltado uma abordagem mais estruturada para conseguir retorno dos recrutadores. Mas eu, apesar de ter seguido à risca todas as orientações que recebi no Career Foundation, ainda assim não tive sucesso com os recrutadores, via LinkedIn, em Toronto.

O retorno de empresas de recrutamento também foi baixo. A impressão que dá é que estes profissionais estão sempre sobrecarregados com a quantidade de candidatos que tentam entrar em contato com eles e nem sequer conseguem responder.

Já através do Indeed, alguns recrutadores acabam achando o seu perfil e entrando em contato. Mas mesmo assim, ainda foram poucos os casos em que isso aconteceu.

Vancouver:

Aqui em Vancouver, criei perfil em algumas empresas de RH. Fui contatada por algumas delas, consegui algumas entrevistas. Várias outras encontraram meu perfil no Indeed e me chamaram para entrevistas. Estas empresas de RH, aliás, continuam me contatando até hoje, para saber se estou interessada em alguma vaga que eles tenham em aberto. Por isso, achei a atuação das empresas de Recrutamento aqui em Vancouver bastante efetiva. Os profissionais são atenciosos e eficientes (não que em Toronto não sejam; mas não posso falar de lá, porque nem sequer tive retorno deles).

Resultado

Eu fiquei uns 2 meses aplicando para diversas vagas em Toronto. Só consegui entrevista quando tinha algum conhecido dentro da empresa que fazia meu Résumé chegar nas mãos do gerente responsável pela vaga. Achei o retorno das aplicações online baixíssimo e, confesso, esse é um cenário bem desanimador. Acredito que eu conseguiria encontrar um emprego lá (afinal, a maior parte dos meus amigos conseguiu). No entanto, o processo seria mais demorado do que foi em Vancouver.

No total, o tempo de procura por emprego foi algo em torno de 3 meses, no caso destes meus amigos que me deram feedback sobre sua procura. Com todos os que conversei, a taxa de retorno de aplicações online ficou entorno de 5%. Ou seja, para você conseguir ser chamado para umas 5 entrevistas, você deve aplicar para, pelo menos, 100 vagas. Não é pouco. Isso toma bastante tempo e é um processo cansativo, principalmente se você personalizar a Cover Letter para cada uma das vagas. Tenho amigos que preferiram não fazer isso e enviar o máximo de aplicações possível, chegando a aplicar para algo em torno de 1000 (sim, mil) vagas num período de 3 meses.

Não se deixe abater

Independente do caminho que você escolher, respire fundo e siga em frente, sem se deixar abater pelo baixo retorno. É um processo realmente chato e demorado. E, se você achar que não está fazendo corretamente sua busca, procure a ajuda dos serviços de recolocação oferecidos pelos governos das províncias. Eles costumam ser muito úteis, dando dicas valiosas que podem fazer a diferença para o sucesso da sua busca.

Aqui em Vancouver, depois que comecei a aplicar para as vagas, levei em torno de 5 semanas para conseguir algo. Isso não é assim para todos, mas, quando comparo o retorno que eu tive em Toronto com o retorno que eu tive aqui, a minha percepção é de que o mercado de trabalho em Vancouver é mais aberto. As empresas de recrutamento vêm atrás de você e realmente te indicam para os clientes delas. O Indeed e o LinkedIn também acabam sendo mais efetivos aqui em Vancouver do que eu senti ser em Toronto.

Balanço Final

O balanço final dessa comparação entre a busca de emprego nas duas cidades, para mim, é:

1) Toronto tem muita oferta de trabalho, com toda a certeza. Mas Toronto também tem muita gente qualificada. Com isso, é muito mais difícil se destacar no meio da multidão. Possível é. Só que acaba demorando mais.

2) as contratações, em Toronto, acabam sendo mais dependentes do QI. Isso talvez se deva justamente ao fato de a oferta de profissionais em Toronto ser muito grande. Claro que qualquer empresa vai preferir contratar alguém que venha por indicação, não importa se aqui ou lá. No entanto, em Vancouver, as empresas parecem estar mais abertas a “arriscar” a contratar um profissional que não chegue por recomendação.

3) outra impressão que tenho é que em Vancouver há uma carência maior de profissionais qualificados (não fiz pesquisa para saber se isso é real, estatisticamente). E se você é um deles, tanto os recrutadores, quanto os donos de empresas, ficam com os olhos brilhando quando veem seu Résumé. Isso com certeza torna o processo um pouco mais rápido.

Claro, tenha em mente que estou falando aqui da minha experiência, e, sobretudo, da área de construção civil – que costuma ter uma boa oferta de vagas na maior parte das cidades. Por isso, antes de decidir seu destino, informe-se o máximo que puder sobre as características cidades, o mercado de trabalho e também o clima. Tudo isso é importante para o sucesso do seu projeto de imigração.

E você? Já terminou seu College? Está à procura de emprego aqui no Canadá? Conte-nos como tem sido sua experiência. Muitas pessoas podem se beneficiar ao ouvir a sua história. 🙂

Written by Andrea Zotelli

Andrea Zotelli

Formada em Engenharia Civil, vim para o Canadá em busca de novos horizontes. Sou uma pessoa curiosa que adora ler, escrever e participar de debates sobre os mais variados temas. Minha imensa vontade de aprender e trocar experiências acabou me trazendo aqui para o Canada Agora.