Toronto vs. Vancouver. Essa é uma comparação que as pessoas fazem a todo momento, quando querem decidir para qual cidade imigrar quando vêm para o Canada. Eu acho a comparação direta meio indevida, porque as duas cidades são tão diferentes, que fica muito difícil comparar. É como comparar banana com laranja….as duas são frutas, mas são tão diferentes entre si… Acho que vale, sim, analisar as características de uma cidade e ver se ela combina com você. Isso sim vai ser útil pra você decidir onde morar. Agora, ficar nessa discussão besta, dizendo que uma cidade é melhor que a outra por causa disso ou daquilo, simplesmente não leva a nada.

Bom, como não quero fazer nenhuma comparação direta, vou falar de algumas coisas que eu gosto mais em Vancouver do que o seu “equivalente” em Toronto. Vale lembrar que essa é apenas minha opinião, ok? Ninguém precisa concordar com ela. 🙂

 

Evo Car Share

Na minha opinião, Evo Car Share é o melhor serviço de car share que eu já experimentei. Uma excelente cobertura, uma frota muito grande de veículos. Dentro de Vancouver, em qualquer ponto da cidade onde você procure, sempre há um Evo disponível pra você. É impressionante.

Os carros são os híbridos Prius C, da Toyota. Super econômicos, bem cuidados, limpos, geralmente estão com bom nível de combustível. Possuem GPS e bancos aquecidos.

Para quem opta por não ter carro em Vancouver, o Evo é uma “mão-na-roda”. O serviço está disponível em Vancouver, parte de North Vancouver e New Westminster. Infelizmente, ainda não está disponível em Burnaby e outros regiões importantes da Metro Vancouver (há promessas de expansão num prazo não muito longo).

Evo Car Share

Evo Car Share na Metro Vancouver (clique na imagem para ampliar)

Vários serviços de car share

A cidade, na verdade, é servida por alguns serviços de Car Share, mas o meu preferido é o Evo. De toda forma, é bom ser membro de todos, porque assim você aumenta seu leque de opções. Além do Evo, há o Modo e Car2Go, o ZipCar. O Modo é só round-trip, ou seja, você tem que pegar e devolver o carro no mesmo lugar. O Car2Go, funciona como o Evo, mas a área de abrangência é menor e há menos carros. ZipCar idem.

Car share é um serviço que torna mais fácil para muitas pessoas a escolha por uma vida sem a posse de um carro. É, com certeza, um serviço obrigatório para toda e qualquer cidade que pretenda se desenvolver de forma sustentável.

Em Toronto, há também serviços de car share na cidade. No entanto, a maior concentração dos veículos era em downtown (quando eu morava lá). Eu tentei várias vezes me registrar no serviço de car share em Toronto e desisti: os veículos sempre ficavam muito longe da minha casa. No fim, durante um tempo, eu resolvi isso alugando carro. Só que como eu precisava do serviço com uma certa frequência, acabava ficando muito caro. Por conta disso, acabei optando por comprar um carro, coisa que eu não pretendia fazer tão cedo quando vim para o Canadá.

O clima ameno – no verão é bom

Outro ponto positivo de Vancouver, no meu ver, é o clima ameno. Não fica muito frio, nem muito calor. A localização geográfica, a proximidade com o mar e outras características da região fazem com que aqui não ocorram mudanças bruscas de temperatura. E também a amplitude da temperatura ao longo do ano é menor do que em Toronto, por exemplo.

Digamos que o fato de não fazer frio aqui não é algo que me agrade muito. (Sim, no meu entender, em Vancouver não faz frio, se considerarmos os padrões canadenses do que significa “frio”). Eu gosto do frio e sinto falta dos -20 graus na minha rotina por alguns meses do ano. Mas tenho que admitir que o fato do clima ser mais ameno torna a vida mais fácil.

Em Vancouver, não é preciso vestir um casaco que pesa toneladas simplesmente pra colocar o lixo lá fora. Nem é preciso ficar preocupado com frost bite, se você sair com menos roupa do que deveria, ou sem touca/luvas/cachecol. Em Toronto e nas outras cidades com inverno mais rigoroso, simplesmente não dá pra “brincar” com o frio. Você tem que estar muito bem protegido – sempre. (Não sabe ainda quais podem ser as consequências da exposição ao frio extremo? Então confira esse vídeo do Japa aqui.)

Esqueceu o casaco?

Já em Vancouver…. sair com um casaco mais fino ou esquecer cachecol ou luvas não será nenhum grande problema. (Ou, pelo menos, não é pra mim, que morei em Toronto por quase 2 anos).

É muito mais fácil e rápido se vestir para sair nos dias de inverno em Vancouver do que nas cidades onde realmente faz frio. No entanto, chove com muita frequência. Por isso, casacos “water repelent” ou no mínimo “waterproof” são obrigatórios – assim como são os calçados waterproof. Se você tiver casacos e sapatos waterproof, estará bem protegido e a chuva vai incomodar muito menos.

Algumas pessoas reclamam que aqui só há duas estações do ano: verão e inverno (= chuva). É parte verdade. Aqui, a temperatura não muda muito ao longo do ano e isso realmente torna a mudança de estações menos perceptível do que em outras partes do Canadá. Portanto, se você é daquele tipo de pessoa que não gosta de chuva de jeito nenhum, talvez seja melhor escolher outro lugar pra morar.

O tamanho da cidade – não muito grande, não muito pequena

Vancouver não é muito grande. Em área, Vancouver (somente a cidade) tem apenas 115 km2. Toronto tem uma área 5 vezes e meia maior (630km2) – somente Toronto, não a GTA. Em uma cidade menor, é muito mais fácil se deslocar. As pessoas que moram e trabalham em downtown Vancouver conseguem fazer a maior parte das coisas a pé e pouco dependem de ônibus/skytrain.

No meu caso, que trabalho dirigindo entre vários sites, o fato de Vancouver não ser uma cidade muito grande é um ponto positivo. No entanto, apesar das distâncias não serem muito grandes, ainda assim perde-se um bom tempo no trânsito (mas isso é assunto para outro post).

De qualquer forma, é possível escolher o lugar pra morar de forma que você não perca muito tempo no transporte. Eu, por exemplo, antes mesmo de arranjar o emprego, sabia que muito provavelmente ia precisar me deslocar para vários pontos da cidade. Por isso, escolhi morar bem no meio da Metro Vancouver. Resultado é que tudo é perto pra mim e acabo não precisando gastar mais do que 40 minutos para ir para qualquer ponto da cidade, mesmo no horário de rush. Se for num horário tranquilo, 20-30 minutos serão suficientes para eu ir para a maioria dos pontos da Metro Vancouver. Quando o trabalho exige deslocamento constante, o fato de a cidade não ser muito grande é um ponto a favor.

O motorista menos estressado

Talvez pelo fato de a cidade ser menor, o motorista é menos estressado do que o que eu costumava ver em Toronto. Óbvio que, quando eu falo que em Toronto o motorista é mais estressado, isso ainda passa longe do nível de estresse que encontramos no Brasil.

Em Toronto eu costumava ver mais pessoas buzinando e bravas no trânsito do que vejo em Vancouver. Só é bom lembrar que eu morava em uma das regiões com o pior trânsito e o seguro de carro mais caro da cidade. Então, talvez meu padrão de “motorista estressado” em Toronto não seja um bom parâmetro da realidade.

A postura mais descontraída e mais sociável do Vancouverite

Acho as pessoas mais sociáveis em Vancouver. Aqui é comum alguém começar a conversar com você no ônibus, no metrô, no elevador. Por exemplo, no prédio onde moro, várias pessoas me deram as boas vindas e se apresentaram nos primeiros dias em que comecei a morar aqui. Já em Toronto…. fiquei várias vezes sem resposta ao falar “bom dia” no elevador do prédio – mesmo depois de meses morando lá.

Meus filhos também gostam mais dos amigos que fizeram na escola aqui. E apesar de não irem com muita frequência a casas de amigos, já fizemos alguns playdate. Em Toronto isso era bem mais difícil. Pode ser característica da região onde eu morava, ou das crianças das escolas onde eles estudavam. Mas é fato que aqui as pessoas são mais sociáveis e isso é bom no dia a dia.

Acho que o fato de Toronto ser uma cidade muito grande também dificulta a proximidade das pessoas. Todos estão sempre atarefados, correndo de um lado para o outro. Isso faz com que as pessoas tenham menos tempo para socializar. Para mim esse é um fator muito importante, principalmente quando você imigrou para um novo país, onde você não tem família e nem a rede de amigos que tinha no Brasil.

The Beautiful British Columbia

Poderia citar também a natureza exuberante da região, também conhecida como The Beautiful British Columbia. Poderia, ainda, falar das inúmeras atividades outdoor que os Vancouverites aproveitam pra fazer nos 2 meses em que a chuva dá trégua na região, ou dos passeios para as montanhas no período de inverno. No entanto, preciso ser franca: não são estas as coisas que eu mais gosto daqui. E falar disso é chover no molhado, já que o tempo todo, todo mundo fala da beleza da região. Morar numa região bonita pode ser bom, mas não é isso que faz o meu dia a dia. O meu dia a dia é feito de transporte (publico ou privado), escola de crianças, grocery stores, trabalho, infraestrutura e também o clima. Por isso, foram estas coisas que eu quis destacar neste texto.

Toronto vs. Vancouver: o que você gosta mais em uma do que em outra?

E você? O que gosta mais aqui em Vancouver? Não vale falar que é da praia ou da beleza da região! Há coisas diferentes que impactam diretamente no seu dia a dia e que fazem você gostar muito daqui? Ou há coisas que você não gosta e que gostaria muito que fosse melhorado? Conte pra gente! A sua opinião pode ajudar alguém na escolha da sua cidade-destino dentro do Canadá.

Andrea Zotelli

Written by Andrea Zotelli

Formada em Engenharia Civil, vim para o Canadá em busca de novos horizontes. Sou uma pessoa curiosa que adora ler, escrever e participar de debates sobre os mais variados temas. Minha imensa vontade de aprender e trocar experiências acabou me trazendo aqui para o Canada Agora.

2 Comentários

Deixe um Comentário
    • Oi, Angela! Obrigada por seu comentário!

      Sim, chove continuamente por uns 4 meses, no inverno. É bem comum que, nos meses de inverno, chovam uns 27 dias por mês, com tréguas de 1 ou 2 dias no meio do caminho…. Isso pode às vezes durar um pouco mais, chegando a 6 meses nos anos de inverno mais úmido (chovendo de outubro a abril).

      No entanto, nos outros meses, ainda chove com bastante frequência. Há os meses de transiçao, em que a chuva começa a diminuir em frequência, até chegar nos meses de verão, quando pára de chover. Estes são os meses em que dá pra dizer q não chove (e não chove mesmo, fica bem seco).

      Mesmo sem chuva, há vários dias de baixas temperaturas (hoje estava 17graus) e tudo nublado.

      Nessa época do verão o ruim são os incêndios que acontecem na província de BC inteira. São tempestades secas com descargas atmosféricas que provocam os wildfires. A Província está em estado de alerta, algumas cidades foram parcialmente evacuadas, e aqui em Vancouver convivemos vários semanas com fumaça cobrindo a cidade. Vc não vê as montanhas, por causa da nuvem de fumaça. Atividades outdoor também não são recomendadas.

      Vc pode ter uma idéia dessa situaçao no link:
      https://youtu.be/-4GuPKW6724

      Abraço!

Deixe uma resposta