No primeiro post “Toronto vs. Vancouver: 4 pontos a favor de Van”, eu falei de algumas coisas que, em Vancouver, são melhores do que o seu equivalente em Toronto. Agora, farei o inverso, falando das coisas que não gosto tanto assim aqui. Vancouver é adorada por muitos e imagino que estas pessoas não irão gostar muito de ler minha opinião. No entanto, como eu disse, isso é apenas a minha opinião. Acho que existe um certo exagero na propaganda que se faz da cidade. É um lugar bom? É sim, mas tem muito que melhorar. Toronto também tem a melhorar. Isso é fato. Mas, apesar disso, eu acho que Toronto está a frente de Vancouver no que se refere à organização da cidade.

O trânsito

O trânsito em Vancouver é ruim. E a tendência é ficar ainda pior. A cidade tem muitas deficiências que afetam o fluxo de veículos e que poderiam ser melhoradas com simples ações. Sendo assim, eu esperava ver iniciativas para diminuir os congestionamentos que afetam inclusive os usuários do transporte público. Em vez disso, a administração pretende inserir uma “decongestion charging”, que nada mais é do que cobrar taxas para os veículos utilizarem as vias mais congestionadas.

É normal que as cidades grandes passem a ter um trânsito mais cheio. No entanto, Vancouver nem pode ser considerada uma cidade “grande” (estou falando da cidade, não da região metropolitana). Em vez de buscar soluções alternativas e eficientes, a administração já quer inserir cobranças de taxas, como se estivesse realmente esgotado todas as possibilidades de melhorias aqui.

Já fiz simulações no Google Maps algumas vezes, por curiosidade. Em Vancouver, pra fazer um determinado trajeto de 10km, eu gasto 30 minutos. No mesmo horário, eu gasto os mesmos 30 minutos pra fazer um trajeto de 20km, com características similares, em Toronto. Ou seja: Toronto, apesar de ser muito maior que Vancouver, tem um trânsito que flui muito melhor – e isso mesmo com os congestionamentos de DVP e 401 que quem mora na GTA bem conhece…

Arquitetura

Eu sou uma pessoa que gosta de admirar a beleza dos edifícios e casas de uma cidade. Gosto de arquitetura moderna, arranha-céus, projetos em que você vê que o arquiteto colocou sua imaginação a trabalhar a favor da estética, da originalidade, da criatividade e até da ousadia. A gente não vê isso em Vancouver. O que se vê são construções muito parecidas, sem graça, sem criatividade.

Toronto é uma cidade mais moderna e com vários exemplos de prédios belos e originais espalhados pela cidade. A CN Tower, conhecido cartão postal da cidade, é uma construção linda e imponente. Aproximar-se de downtown e ver aquela torre imensa diante dos seus olhos é algo que sempre me impressiona.

Toronto Architecture

Organização da cidade

Vancouver é uma cidade que cresceu muito nos últimos anos. Com isso, a cidade não teve tempo de se organizar pra crescer de uma forma estruturada. A linha do Skytrain interfere muito na paisagem urbana. Em vários pontos, ruas que foram interrompidas/invadidas pela estrutura que contém os trilhos do skytrain ficaram com um aspecto ruim, de coisa mal organizada. Nos locais  em que o skytrain passa colado às residências, os moradores precisam conviver com o barulho, que é um incômodo. Há terrenos próximos à linha do skytrain que ficaram com um aspecto sujo e malcuidado.

Eu sou muito crítica com relação à estas coisas. Na minha opinião, esse cenário é incompatível com toda a propaganda que se faz da cidade. Óbvio que isso não é mostrado. Mostra-se só a parte bonita, e com isso cria-se uma imagem da cidade que não é compatível com a realidade.

Eu gosto da estrutura de cidade organizada de Toronto. A maior parte da cidade é bem cuidada, as ruas movimentadas são amplas, adequadas ao fluxo de veículos. Há uma prevalência de Plazas, com várias lojas agrupadas e vagas de estacionamento. Tudo organizado. Toronto tem, na minha opinião, uma organização e estrutura mais compatível com cidade norte-americana do que Vancouver.

oraganizacao de lojas - toronto vs vancouver
À esquerda, Vancouver: lojas de rua: poucas vagas de estacionamento (pago), o que deixa as ruas com uma aparência um pouco desorganizada. À direita, Toronto: plazas com lojas, com amplo estacionamento gratuito. As ruas ficam com um aspecto mais organizado e agradável.

Vejam bem: não estou dizendo que a cidade inteira é como vemos nas fotos de Vancouver ou em Toronto. Estou apenas dizendo que há uma predominância neste tipo de organizaçao em uma e outra cidade.

Transporte público

Sinto falta também de uma linha Leste-Oeste no sul de Vancouver (dizem que vai sair a linha Broadway, _/\_). É uma região grande somente atendida por ônibus. E eu falo em skytrain porque, infelizmente, ônibus demoram muito para fazer o trajeto. Fora isso, qualquer neve que aconteça aqui em Vancouver já é suficiente para fazer os ônibus atrasarem ou pararem de circular. Se você quer mesmo um transporte rápido e eficiente, precisa investir mais em trem, para fazer as conexões com o transporte terrestre.

Em relação à qualidade, acho o skytrain mais sujo e os trens são mais velhos, quando comparados com os de Toronto.

 

Toronto vs. Vancouver: transporte

 

Toronto precisa melhorar seu transporte público? Precisa sim. Mas investimentos e melhorias estão sendo feitos. A linha amarela do metrô de Toronto recentemente ganhou um novo trecho, indo além da estação Downsview (que agora se chama Sheppard West). Agora, a linha 1 West vai até Vaughan, o que é excelente.

Aqui em Vancouver optaram por skytrain em vez de metrô. Eu entendo que haja vantagens neste sistema, é mais fácil, rápido e barato de construir, além de ser mais fácil a manutenção do sistema. As desvantagens ficam por conta da interferência na paisagem, além do barulho. Além disso, o skytrain tem uma capacidade de transporte de passageiros bastante inferior ao metrô subterrâneo. Isso, com certeza, afeta a eficiência do sistema de transporte da cidade que pretende ser a “most livable city in the world by 2020”.

Homeless e dependentes químicos nas ruas

O clima mais ameno de Vancouver infelizmente faz da cidade um lugar mais “habitável” para moradores de rua, que muitas vezes são também dependentes químicos. Por isso, é comum você encontrar pessoas pedindo ajuda em vários pontos da cidade, inclusive estações de skytrain.

Algumas pessoas atribuem a isso o fato de a cidade ser mais suja e malcuidada em vários locais, inclusive o transporte público. Eu prefiro não me manisfestar em relação a isso. Acho uma questão muito polêmica. Além disso, a administração da cidade sempre pode cuidar e educar a população, então não acho justo jogar a culpa em uns poucos.

Em Toronto, o clima rigoroso é uma fator que acaba impedindo que as ruas se transformem em moradia daqueles que não tem um teto. Claro que lá também existem homeless, mas eu me deparava muito menos com eles no meu dia-a-dia do que me deparo aqui. Aliás, aqui eles fazem parte da minha rotina diária, coisa que raramente eu via por lá.

 

Hastings: uma região nada bonita de Vancouver

 

Sensação de segurança

Estranhamente, pra mim, apesar de Vancouver ser uma cidade bem menor que Toronto, minha sensação de segurança aqui é também menor. Em algumas regiões, à noite, não é incomum que usuários, sob efeito pesado de drogas, se aproximarem de você. Isso não é agradável, mesmo sabendo que, geralmente, ninguém vai lhe fazer nada. Também é mais frequente ouvir notícias de violência sexual e arrombamentos (breaking and entering) de propriedades aqui do que eu ouvia em Toronto. Resumo da ópera: eu andava muito tranquila nas ruas de Toronto a qualquer hora do dia ou da noite. Aqui eu ando relativamente tranquila, mas há regiões e, principalmente, horários, em que não me sinto tão segura em fazer isso sozinha.

As estatísticas confirmam minha percepção de segurança: os índices de crimes relacionados à violência sexual e invasão de propriedade são bem maiores em Vancouver do que em Toronto. Em contrapartida, os números de homicídios e roubos são maiores em Toronto. No entanto, estes crimes de homicídio acontecem mais entre “gangues”, o que os torna um pouco mais distantes da nossa realidade. Já sexual assault e arrombamentos são coisas que escutamos serem noticiadas na vizinhança.

Incidents per 100,000 population:

Sexual assault rate: Toronto: 56.74 / Vancouver: 70.82

Breaking & Entering rate: Toronto: 214.42 / Vancouver: 845.36

Claro que os números daqui não se comparam ao Brasil. Aqui eu me sinto muito mais segura do que no Brasil. Já quando comparo Vancouver com Toronto, este é mais um dos quesitos em que prefiro Toronto.

E, por último: a falta de preparo para a neve

Morei por quase 2 anos em Toronto, que é uma cidade ultra preparada para passar o inverno sem tem que “parar” por causa da neve. E aí me mudei pra Vancouver que é uma cidade onde dizem que não neva! E, realmente, se comparar com o resto do Canadá, dá pra dizer que nem frio faz aqui. Inverno passado (2016/17) nevou um pouco mais. Este inverno (2017/18) não nevou quase nada. Mas mesmo o “quase nada” é suficiente pra fazer a cidade parar…. No dia de maior neve, muita gente foi dispensada do trabalho logo após o meio-dia pra ir pra casa, por causa da neve.

Concordo que não há necessidade manter toda uma estrutura para lidar com uma neve que quase nunca. Mas chega a parecer piada que as pessoas sejam dispensadas do trabalho e que a cidade literalmente pare por conta de 10 ou 15 cm de neve que se acumulam lá fora.

O fato de Vancouver se localizar em uma região com um terreno acidentado complica as coisas. Rampas íngremes, associadas à presença da neve, realmente dificultam o trânsito de veículos. Isso já não acontece em Toronto, que é uma cidade bem mais plana. Além disso, tem ruas e rodovias construídas com rampas adequadas às condições climáticas da região.

Placar final: Toronto vs. Vancouver

Não mencionei o fato de chover um dia sim e outro também no inverno em Vancouver como um ponto negativo porque isso é um ponto mais que batido. Quando mudei pra cá, eu sabia o que iria encontrar…. Da mesma forma, não mencionei, como ponto positivo, a beleza da região que cerca Vancouver, porque isso já está em todas as propagandas por aí. Aliás, o que percebo, é que a a mídia sempre mostra as regiões mais bonitas da cidade. West End (que muitos chamam de Best End), Waterfront, English Bay, são algumas delas. Passear pelas ruas de West End nos dias ensolarados é realmente muito agradável, fiz isso no final de semana com meus filhos. Mas eu não vivo só disso no meu dia-a-dia. O trânsito que eu enfrento todos os dias para trabalhar afeta muito mais a minha vida do que a montanha coberta de gelo que fica ao norte da cidade, por exemplo.

Toronto 7 x 4 Vancouver

No final das contas, nesta pequena lista de itens que citei nestes 2 posts: 4 pontos pra Vancouver e 7 a favor de Toronto. Muita gente apaixonada por Vancouver pode discordar de mim, mas, como cidade, eu prefiro Toronto. E vejam bem, não estou dizendo que um lugar é melhor que o outro. Acho essa comparação até descabida, como já falei no outro post. Estou dizendo apenas que eu, que sou uma pessoa muito prática e muito urbana, prefiro Toronto.

No entanto, apesar de eu gostar mais de Toronto, há coisas que me fazem continuar morando aqui. As pessoas mais sociáveis, a oportunidade de trabalhar em uma excelente empresa e o fato de meus filhos gostarem mais daqui são algumas delas. Se um dia isso vai mudar, eu não sei. Sei que, nessa disputa Toronto vs. Vancouver, quem ganha mesmo é a gente. Felizes somos nós que tivemos a chance de escoher uma destas duas cidades para viver. Aliás, felizes somos nós que temos a oportunidade de continuar morando e trabalhando no Canadá. É um país lindo, imenso e onde me sinto acolhida. É o país esse que eu escolhi pra ser a minha casa. ♥

Links:

Canada Most Dangerous Places

Toronto Architecture: The City’s Modern Landmarks

Créditos da foto da CN Tower: Kevin Mullarkey, Google Imagens.

O que você acha?

0 points
Upvote Downvote
Andrea Zotelli

Written by Andrea Zotelli

Formada em Engenharia Civil, vim para o Canadá em busca de novos horizontes. Sou uma pessoa curiosa que adora ler, escrever e participar de debates sobre os mais variados temas. Minha imensa vontade de aprender e trocar experiências acabou me trazendo aqui para o Canada Agora.

Deixe uma resposta