Quem sou eu, onde estou … de férias ?

Quem sou eu, onde estou é aquele tipo de expressão de gente perdida, ou de gente sumida. No que diz respeito ao Canada Agora e ao PoDeixar isso é meio que verdade sim. E a culpa é … das férias de verão. Das crianças, não minhas. Continuo indo todo dia pro trabalho como um guerreiro incansável !

Tudo isso é o que acontece depois das quatro da tarde e dos fins de semana. O que me faz pensar que “não”, não estou perdido. Sumido sim.

Para quem ainda não sabe, este é o período de férias escolar por aqui (final de junho a final de agosto), o que coincide também, não por mágica nem milagre, com o verão.

Este ano o verão esta :

– Temperado pra muito quente
– Não muito chuvoso
– Surpreendentemente carregado de atividades de todos os tipos.

Este ultimo ponto me fez meio que tirar férias forçadas, dar atenção a família, as vezes sacrificada pelos meus horários malucos de gravações, edições de conteúdo, planejamento, etc.

Três palavras são bastante importantes aqui :

– Prioridade
– Responsabilidade
– Preocupação

São três palavras muito importantes pra quem trabalha com conteúdo midiático, como a internet por exemplo. Muitas vezes prioridade exige sacrifício, pressa, organização, planejamento, ideias, meu Deus, tem um montão de conceitos pra explorar aqui.

E é claro, não da pra esquecer da segunda, a responsabilidade. Ser responsável também tem vários sentidos. Somos responsáveis por pessoas, na família, no trabalho, etc. Somos responsáveis por coisas, tarefas, situações, ideias e ações.

A terceira, preocupação, tem mais a ver com aquilo que estamos ou não estamos fazendo.

É ai que entra o “sumido” la do começo.

Este verão tem sido intenso sim, tanto que misturar ferias com “não férias” não tem sido uma tarefa simples e isto me deixa realmente preocupado. Mesmo que nosso publico mais numeroso esteja no Brasil, é aqui na cidade de Québec que a comunidade CA-PoDeixar tem mais oportunidade de expressar diretamente a mim as suas vontades, momentos, opiniões, sugestões de temas e programas.

E fico preocupado por eles também, que perguntam o que aconteceu, onde estou, o que estamos fazendo, porque não teve vídeo novo.

É interessante ver que esse trabalho rende algo de importante e é as vezes meio louco pensar em como isso influencia de alguma forma a vida das pessoas (responsabilidade) e em como a receptividade é legal e em como as pessoas continuam a nos pedir mais e mais conteúdo (preocupação).

Gostaria de agradecer a todos a paciência, a vontade de continuar nos seguindo.
Nunca cansamos de repetir, temos muitas ideias, projetos e ambições. Algumas já estão se concretizando e outras estão tirando o juízo pois queríamos poder embarcar em dias de 72 horas pra dar conta de tudo ao mesmo tempo (prioridade).

Saibam que mesmo assim a gente não para. Apenas as vezes os dedos não são tão rápidos quanto a mente.

Bem, para que este artigo seja útil de alguma forma pra vocês, aqui vai uma dica, um conselho, ou como queiram chamar :

Ao menos uma vez neste ano, escolha alguma coisa para melhorar na sua vida, algo que faça a diferença. A partir dela construa um plano de ação e mande bala ! Faça ! Ponha em pratica.

Muitas vezes pensamos que não estamos conseguindo, que não melhoramos em nada, que um ano se passou em vão e que nada de importante foi construído. Deve ser simplesmente porque falta ação.

No meu caso, não tem faltado não …essas são aquelas férias que terminamos mais cansados do que quando não estávamos… como férias provavelmente sempre são !

Continuem com a gente… please !

Quer saber o que já falamos sobre férias, Visite CANADA AGORA – FÉRIAS

Written by Berg Lindo

Berg Lindo

Gerente de projetos de informática, co-fundador do PoDeixar e do Canadá Agora, adora cinema, formula 1 e principalmente ajudar as pessoas com suas experiências. Apesar dos olhinhos meio puxados nada tem de oriental. Dizem que é descendente de índio.