in ,

IELTS ou TOEFL? Qual exame eu devo fazer? Qual é o mais fácil?

Qual exame fazer? 

Como todos sabemos, a opção de imigrar para o Canadá através dos estudos tem sido cada vez mais considerada. Para ser admitido pela universidade ou college sem passar pelo Pathway*, o futuro imigrante precisa demonstrar um determinado nível de inglês, o que pode ser feito através de exames internacionais como o IELTS ou TOEFL. Mas, afinal, qual exame fazer? Qual deles é o mais fácil? Essa é a principal dúvida que boa parte dos alunos que procuram os meus cursos preparatórios possuem.

Primeiramente, é preciso entender que tanto o IELTS quanto o TOEFL IBT avaliam os 4 principais skills da língua : listening, speaking, reading e writing. Entretanto, eles possuem estruturas completamente diferentes. No post de hoje, eu vou explicar a vocês algumas peculiaridades desses dois exames e o porquê da minha preferência por um deles.

TOEFL  IBT

O TOEFL é um exame feito através de um computador. Isso significa que você precisa estar bastante acostumado a ler longos textos na tela do seu PC e a digitar com considerável rapidez. Outra diferença é que o speaking não é feito com a presença de um examinador, então o aluno precisa gravar suas respostas no computador e todos os candidatos fazem a prova na mesma sala, separados apenas por baias.

O candidato que decida fazer o TOEFL precisa ter listening skills bastante desenvolvidos, pois tanto no writing quanto no speaking terá que escutar gravações de conversas e/ou trechos de aulas para elaborar suas respostas. Note taking é outro skill essencial para esse exame, pois em diversas etapas  o aluno precisa anotar informações relevantes ao mesmo tempo em que ouve o conteúdo para conseguir responder às questões.

Os assuntos abordados no teste de listening do TOEFL são bastante acadêmicos e complexos (formações rochosas, diferentes tipos de bactérias, estilos literários etc.). Outra característica, é que primeiro você ouve a narração ou o diálogo, e apenas depois visualiza as questões que precisa responder.

Uma vantagem do TOEFL é que há sempre vagas para as provas, que são feitas semanalmente. Outra é que a rigidez com a nota do writing e do speaking costuma ser mais baixa que no IELTS.

IELTS 

O IELTS é um exame mais parecido com os que vemos nos cursos de inglês. É um teste impresso, então você pode rabiscá-lo à vontade e destacar partes que lhe interessam. Os skills são bastante separados. Assim, você não terá que ouvir nenhuma gravação para fazer o seu teste de writing ou de speaking e dependerá apenas de seu próprio conhecimento para tal.

O speaking é feito individualmente, em uma sala exclusiva, onde estará apenas você e o examinador. Os temas perguntados são relacionados ao cotidiano, e as perguntas costumam se repetir com frequência. Inclusive, listas com as perguntas mais comuns podem ser facilmente encontradas na internet. O listening é menos cansativo, pois os trechos são menores e os assuntos tem muito mais a ver com a realidade do dia a dia. Além disso, você pode ler as perguntas antes de escutar o listening, e acompanhar os trechos falados com as questões a responder.

No IELTS, a quantidade de questões e a duração de cada exame são sempre as mesmas. No TOEFL, o tempo de prova pode variar de acordo com o número de questões que serão perguntadas no listening e no reading. Ou seja, o IELTS é um exame muito mais bem estruturado e sem supresas.

Por último, no IELTS você tem mais tempo para escrever as writing tasks. Enquanto no TOEFL você precisa desenvolver uma tarefa de 150 palavras em 20 min e outra de 300 palavras em 30 min, no IELTS você tem uma hora para escrever uma tarefa de 150 e outra de 250 palavras.

Uma desvantagem do IELTS é que o exame tem acontecido com menos frequência do que o necessário em algumas cidades, e as vagas se esgotam rapidamente. Então nem sempre o aluno consegue fazer o exame na data ou local que deseja.

Afinal, IELTS ou TOEFL? 

Após cerca de 6 anos preparando alunos para esses exames, eu tenho notado que alunos que costumam se dar bem no TOEFL possuem um perfil bastante específico. Se listening não é o seu forte, se você não costuma usar tecnologia para seus estudos ou possui dificuldades de concentração, nem pense em fazer o TOEFL. A verdade é que mesmo com todo o aparato tecnológico que utilizamos hoje em dia, boa parte dos alunos não consegue ter uma boa performance em exames não-impressos.

Já o IELTS possui um formato muito mais amigável e acessível para todos os tipos de aprendizes, por ser mais parecido com o tipo de teste de inglês que estamos acostumados a fazer. No
speaking do IELTS você irá responder perguntas feitas por um ser humano e não uma máquina. O fato de o teste ser impresso possibilita tomar notas, destacar partes dos textos e manter a sua capacidade de concentração.

Na dúvida entre um exame ou outro, eu recomendo que você faça um simulado de cada teste antes de tomar a sua decisão e avalie a sua facilidade (ou dificuldade) em lidar com cada um deles.

Links úteis

Site oficial TOEFL

https://www.ets.org/toefl

Site oficial IELTS

http://www.cambridgeenglish.org/exams/ielts/

* Pathway é um curso de inglês oferecido por escolas que tem parceria com a universidade na qual você irá estudar no Canadá. O aluno que opta por fazer o Pathway não precisa fazer exames como IELTS ou TOEFL.

O que você acha?

Soraya Quirino

Written by Soraya Quirino

Professora de inglês especialista em exames internacionais, atua na área de educação há 14 anos e não consegue se imaginar fazendo outra coisa. É proprietária e professora do Soraya Quirino - Inglês para imigração, curso preparatório para IELTS . Apaixonada por idiomas, vinho e gastronomia, curte viajar para fazer novas descobertas nessas áreas. Sobreviveu ao Rio de Janeiro e agora mora em Montreal, desde setembro de 2016.

Comentários

Deixe uma resposta

Carregando...

0