Quando a gente pensa em morar fora do país vem logo aquela empolgação de novos lugares a conhecer, pessoas diferentes, culturas e tudo o mais. A gente chega, se encanta, quebra a cara e percebe que no fundo, no fundo, a vida segue seu curso e naturalmente temos que nos adaptar ao cotidiano. É assim em todo lugar, mesmo aqui, onde a temperatura em Fahrenheit às vezes chega ao ponto de ser a mesma em Celsius.

Aquilo que te contaram é verdade. No Canadá você vai ser capaz de encontrar tudo aquilo que buscava: trabalho, estudos, amigos, moradia, segurança, saúde e talvez muito mais do que isso. Mas uma coisa nunca vai mudar: nem você nem eu nascemos ou crescemos aqui. Não adianta chorar, gritar, dar socos no ar, brigar nem se espernear no chão até ficar roxo. Você tem que se adaptar pra conseguir viver em harmonia com tudo isso.

Outro dia desses encontrei um artigo em um site sobre a vida no Japão que tratava deste mesmo assunto. Qualquer um que bote os olhos nesse artigo vai perceber que a maioria (senão todas) as coisas ditas ali se aplicam ao Japão ou ao Canadá ou qualquer outro canto. São dicas tão importantes que resolveram tratá-las como Mandamentos, regras que você deveria seguir onde quer que esteja morando, independente do que mais estiver fazendo. Mas como o nosso assunto aqui é o Canadá, vamos colocar as coisas em ordem. Aqui vão os 10 mandamentos para ter uma vida produtivo e harmoniosa aqui, no Grande Norte gelado, segundo o PoDeixar.

1. Aprenda inglês / francês

Aprenda inglês

Entenda, saber dizer “the book is on the table” ou “merci beaucoup, monsieur” não te faz fluente no idioma e tampouco vai te fazer excepcional. Não pare de tentar se aprimorar em qualquer (ou ambos!) os idiomas. O inglês e/ou o francês que aprendemos nos cursos de idiomas e no dia-a-dia está longe de ser o considerado admirável. Lembre-se que o fato de não ter estudado os idiomas como parte da sua educação primária/secundária, te deixou sem um domínio natural que o canadense tem por ter aproveitado desses pontos. Acredite: a admiração que eles tem quando descobrem que seu domínio é por vezes melhor que o deles, deixa uma grande marca.

Aproveite as oportunidades que tiver para aprimorar seu vocabulário e enriquecer sua redação.

Outro ponto importante. Por mais que você tenha um ingles ou francês muito bom, ser trilingüe (afinal, você já fala português) aqui no Canadá traz muitas vantagens. Uma das maiores delas é o funcionalismo público. Não são poucas as vagas que pedem o domínio de AMBOS os idiomas, lembrando que trabalhar para o Governo traz consigo inúmeras vantagens, incluindo um plano de aposentadoria BEM interessante. Isso sem falar em várias empresas do setor privado que reconhecem essa vantagem quando procurar funcionários para determinadas vagas.

2. Respeite a cultura

Respeite a Cultura

Já escutei de várias pessoas dizerem que acham a cultura canadense “pobre” ou “sem graça” ou pior do que “de onde eu vim”. O fato é que essa é a cultura deles e quem veio pra cá foi você.

Aprenda sobre a cultura e a história daqui vai te garantir uma excelente forma de manter desenvolver novas amizades e cultivar as que já tiver.

Procure participar de eventos e associações perto de onde você mora ou de onde trabalha. Pode ser uma ótima oportunidade pra conhecer mais.

3. Cuidados com seus gastos

Cuidado com seus gastos

É fato! A gente chega aqui e se deslumbra com as comidas no mercado, eletroeletrônicos, móveis, coisas de cozinha, maquiagens, pintura, decoração e o raio que o parta. No começo você até tenta se controlar porque está vivendo com o dinheiro que trouxe e se lembra que o produto que você quer comprar, que tem o preço em dólar na etiqueta, por mais que seja mais barato do que no Brasil, ainda assim vai consumir com o seu dinheirinho em uma velocidade astronômica por causa da conversão.

Programe-se e calcule bem onde e como vai gastar.

Nunca esqueça que você tem que pagar impostos sobre o preço anunciado nas etiquetas e que tudo anunciado sempre acaba indo em promoção.

4. Não faça dívidas

Não faça dívidas

Existe dívidas boas e dívidas ruins. As ruins são geralmente aquelas que não vão te dar nenhum lucro, tal como acumular faturas de cartão de crédito. Procure pagar suas contas ANTES das datas de vencimento. Evite acumular cartões de crédito, dívidas com a prefeitura e NUNCA atrase suas faturas.

Lembre-se que uma das coisas mais importantes pra sua vida por aqui é seu crédito, que é tão difícil de construir, muito fácil de destruir e ainda mais difícil ainda de recuperar.

Na dúvida, procure um consultor financeiro para lhe orientar melhor sobre como controlar suas finanças.

5. Qualificação sempre!

Qualificação Sempre

Da mesma forma como é o caso dos idiomas, é também com a sua profissão. Não pare de se especializar só porque está confortável hoje. O mercado de trabalho aqui sempre procura pessoas com melhores qualificações e você nunca sabe onde nem quando vai poder encontrar o emprego da sua vida.

Fuja da sua zona de conforto e invista parte do seu tempo em treinamento e qualificação.

Muitas empresas tem orçamentos dedicados para treinamento, compra de livros, palestras e coisas parecidas. Se não for o seu caso, procure em universidades, colleges, CEGEPs e até mesmo em centros comunitários atividades que venham a contribuir com a capacitação. Além disso, gastos com cursos profissionalizantes, superiores, pós-graduações, mestrados, doutorados e vários outros têm desconto no imposto de renda.

6. Invista seu dinheiro

Invista seu dinheiro

Em nenhum lugar do mundo guardar dinheiro embaixo do colchão é uma opção. A economia do Canadá é estável e por isso mesmo as opção de investimento não são tantas e tão altas quando comparadas com o Brasil. Entretanto, mesmo com juros baixíssimos, ainda assim cadernetas de poupança ainda são uma forma de investimento. Mas existem formas muito mais interessantes de fazer seu dinheiro trabalhar pra você.

Faça seu dinheiro trabalhar para você!

Consultores financeiros trabalham com o intuito de conseguir os melhores investimento pra você.

7. Se você não estiver satisfeito com seu emprego, não fique parado

Não fique parado

A gente costuma ouvir de muita gente: “se você quer ganhar mais, troque de empresa”. Várias empresas acabam perdendo funcionários porque não cobrem ofertas de salários de outros lugares. O pior é que em alguns casos o funcionário acaba voltando pra empresa que saiu ganhando mais do que estava ganhando na empresa pra onde tinha ido. Por mais estranha que seja, isso é algo comum.

Não se acomode no seu emprego! Caso ele não esteja sendo interessante ou esteja te pagando pouco, procure no manter-se ativo no mercado.

Mantenha sempre uma boa rede de contatos para saber das oportunidades. Redes como o LinkedIn são excelentes pra publicar sua experiência e mostrar que você existe. E se mesmo assim estiver insatisfeito com a sua profissão, procure outro caminho. Lembre-se que mais da metade dos canadenses já mudou de carreira.

8. Procure se informar do seus direitos

Conheça seus direitos

As vantagens sociais concedidas pelo Governo canadense são muitas e muito mais do que temos no Brasil. Entretanto, nem tudo é claro nem tão pouco óbvio. São vantagens que podem ser desde o pagamento antecipado das despesas com kindergarden (ou garderies), medicamentos e afastamento do trabalho até deduções de impostos, benefícios financeiros, direitos a empréstimos para reformas e estudo e muito mais.

Pesquise e vá atrás! Encontre e faça valer todos os seus direitos!

Muitas dessas informações estão disponíveis no vários sites dos ministérios e secretarias do Governo do Canadá, de cada uma das províncias e da cidade onde você mora. Bibliotecas, instituições financeiras e educacionais também podem lhe oferecer uma boa ajuda nesse sentido.

9. Pare de reclamar!

Pare de reclamar

Muitas pessoas reclamam principalmente que o Canadá não tem várias coisas que gostava no Brasil. Mesmo que pra você o Canadá seja um lugar temporário, viva intensamente e tire proveito de tudo o que você está vivendo. Procure olhar suas conquistas ao invés das dificuldades, das coisas que tem acesso ao invés do que não tem, das oportunidades que está tendo ao invés do que não pode ter. Um dia você poderá ter saudade daqui e lamentará por não ter aproveitado melhor a vida enquanto esteve por aqui.

Mude sua atitude e agradeça sempre pelo que tem. Com certeza você se sentirá mais feliz e terá muitas recompensas boas ao longo da caminhada.

10. Não se acomode!

Não se acomode

Aproveite a qualidade de vida que o Canadá oferece, a grande quantidade de instituições educacionais e o fato de você estar aqui para continuar se aprimorando. Não se limite apenas à sua qualificação profissional. Aproveite para fazer cursos de artesanato, pintura, idiomas e principalmente atividades físicas. Desfrute da grande quantidade de parques, piscinas e centros comunitários para manter-se ativo e para fazer novas amizades.

Mantenha sua mente ocupada com coisas boas. Assim não dará chance para a depressão e a monotonia tomar conta da sua vida.

O que você acha?

0 points
Upvote Downvote
Masaru Hoshi

Written by Masaru Hoshi

A última coisa que você vai imaginar olhando pra cara dele é que ele é japonês. Engenheiro de software e co-fundador do Canada Agora. Mora no Canadá desde 2008 e é um apaixonado por viagens.

Deixe uma resposta