Como ser feliz no Canadá (ou em qualquer lugar)

Há alguns dias atrás me deparei com um artigo em um site que fala sobre o tema acima mas em comparação a quem está morando no Japão. Morando no Canadá e conhecendo muitos brasileiros que decidiram morar aqui, não pude deixar de notar como tudo é muito parecido e resolvi trazer o texto para a nossa realidade daqui.

Não importa onde a gente olhe hoje em dia, o que mais tem por aí é gente reclamando. Redes sociais, então, são terreno fértil. As pessoas reclamam de praticamente tudo: política, economia, transporte, futebol, religião, opção sexual, corte de cabelo e principalmente da vida alheia. Isso sem falar no sarcasmo e na zoeira! As pessoas parecem se acharem no direito de agredir e ainda pior, que todo mundo deve encarar isso na esportiva.

O Brasil está passando por uma crise financeira, econômica e social. A violência e a insegurança nunca pareceram estar tão críticas e todos estão a beira de explodir. Um comentário mal colocado e “BUM!”. Prepare-se para textões avassaladores citando filósofos e jornalistas que até se reviram na tumba. É um cabo-de-guerra de argumentos onde a ideia da derrota é inadmissível.

A causa de tudo isso pra mim é a mesma: ninguém está feliz. Eu não falo da busca do ser humano por algo melhor, mas na insatisfação com tudo e sempre enxergar “o copo meio vazio”. Quem vive no Brasil diz que reclamar da vida no Canadá é reclamar de “barriga cheia”, mas não enxerga que a realidade aqui é outra é problemas não deixam de ser problemas.

Aqui vão algumas dicas para ajudar você a ser mais feliz, independente de onde você estiver morando.

Pense Positivo

Como ser feliz no Canadá: Pense Positivo

Muitas pessoas se sentem infelizes porque só conseguem ver o lado ruins das coisas. Assim como o otimismo, o pessimismo também é transmissível e contamina a quem está ao seu redor. Todos temos problemas e passamos por dificuldades, mas reclamar e se penalizar decididamente não são formas de chegar a uma solução.

Obvio que pensar positivo não vai solucionar os seus problemas, mas contribui para manter o seu bem estar físico e mental. Sempre que tiver dificuldades, pare e relembre das conquistas que teve até este momento e como você foi capaz de superar as dificuldades.

É preferível comemorar uma meia dúzia de conquistas do que ficar se martirizando por todas as suas derrotas.

Pense a longo prazo

Como ser feliz no Canadá: Pense a longo prazo

A física diz que um corpo tende a se manter parado. Assim também acontece com todo mundo. Temos a tendência de ficar na nossa zona de conforto. Inclusive muitos chegamos a achar que o país é o mundo devem girar ao nosso redor. Pessoas assim são extremamente imediatistas e só pensam na sua satisfação atual. Canso de ver gente falando assim:

  • “Ih! Isso é muito difícil! Pra mim não deu certo! (e não vai dar certo pra você também)”
  • “Pra sua profissão tudo é fácil. Tente se colocar no meu lugar”
  • “Aqui tudo é difícil. Não sei porque eu vim pra cá”

Não deixe que um obstáculo no seu caminho destrua seus objetivos. Pense longe! Programe como pretende atingir seus objetivos, trace metas e reavalie seus avanços. Se algo não der certo, não tenha medo em voltar atrás e tentar novamente com uma nova estratégia. E principalmente: corra atrás! 

Sonhar não faz mal a ninguém e ainda proporciona satisfação. Mas não viva apenas no mundo dos sonhos. Lute para fazê-los virarem realidade.

Não pense como os outros

Como ser feliz no Canadá: Não pense como os outros

Tem gente que quer basear sua vida na vida de outras pessoas, ou simplesmente querem acreditam que só serão felizes se viverem como os outros. Jamais acredite cegamente no que as pessoas falam. Pesquise e tome suas próprias conclusões.

Nem sempre o que funcionou para um funcionará para outro. Veja por exemplo os diferentes processos de imigração para o Canadá. Nem todo mundo vem pelo menos caminho. Uns aprendem francês, outros inglês. Alguns vêm estudar, outros chegam como investidores. Uns vem por processos provinciais, outro por federais.

Não há nada de errado em pedir a opinião dos outros sobre uma determinada situação. Avalie o que é melhor para você, leve em consideração a sua personalidade, seus gostos e seus objetivos. Não seja um “burrinho de presépio” indo para onde todo mundo vai. Faça seu próprio destino.

Vire a página da sua vida (mas não esqueça de onde veio)

Como ser feliz no Canadá: vire a página

Há quem chegue no Canadá e queira trazer o Brasil consigo. Espera assistir aos mesmos programas de televisão, comer as mesmas comidas, fazer as mesmas coisas, ter as mesmas roupas, ser tratado da mesma maneira, etc.

A mudança de país traz consigo a mudança de cultura, de valores e de atitudes. Certos comportamentos que no Brasil eram normais são considerados extremamente ofensivos ou desnecessários no Canadá. Experimente gritar pra chamar o garçon ou furar a fila do ônibus ou ainda “dar carteirada” em alguém. Você também vai achar estranho não escovar os dentes depois das refeições ou assoar o nariz no meio rua. Ou ainda ser mandado trabalhar de maneira diferente de como você era acostumado.

Não fique remoendo o passado ou reclamando de como eram as coisas antes. O passado foi responsável por ter criado quem você é hoje e isso nunca irá mudar. Deixe de lado seus preconceitos e os maus hábitos. Viva o presente, aprenda a se adaptar a esta nova realidade e não se deixe ser um escravo do passado e das suas memórias.

Inspirado em artigo original escrito por Kevin Henrique.

Written by japa

japa

Engenheiro de software e co-fundador do PoDeixar. Mora no Canadá desde 2008 e é um apaixonado por viagens. Apesar do apelido, a última coisa que você vai imaginar olhando pra cara dele é que ele é japonês.