Encorajados pelo governo provincial, universidades por toda a província de Ontario tem recrutado estudantes internacionais aos montes. Tanto que hoje em dia muitas dessas instituições só estão se sustentando graças a esses estudantes. Mas a pergunta é: estariam os estudantes internacionais sendo explorados por universidades?

O número de estudantes internacionais frequentando universidades em Ontario aumentou 88.5% desde 2010. Isso é o que afirma o Ministry of Advanced Education and Skills Development. Durante o mesmo período o número de estudantes “domésticos” cresceu apenas 7%.

Outro fator interessante nessa equação é o valor das mensalidades pagas. Estudantes internacionais pagam atualmente mais que o dobro do que há 4 anos atrás. Estima-se que os valores pagos por eles passou de $620 milhões em 2011/2012 para $1.28 bilhões em 2015/2016.

“O estudantes internacionais estão sendo ‘ordenhados’ como vacas que dão dinheiro, infelizmente”. As palavras são de Nour Alideeb, presidente da Canadian Federation of Students – Ontario.

Estudantes internacionais sendo explorados por universidades

Alideeb acredita que existe uma relação direta entre a redução do fundos repassados pelo governo provinciais às universidades e o aumento significativos das taxas para estudantes estrangeiros.

Complementação do orçamento

As universidades estão “completando seu orçamento com estudantes internacionais”, afirma Alideeb. O orçamento destinado a instituições universitárias na província de Ontario está congelado há pelo menos uma década. O reajuste é basicamente o da inflação.

“As universidades estão dependendo mais das mensalidades pagas pelos alunos e cada vez menos do Governo”, disse o Council of Ontario Universities no relatório financeiro de 2015-16. O relatório informa também que os subsídios diminuíram para a ponto de ser apenas 40% da receita operacional, abaixo de 46% em 2011-12.

Enquanto as mensalidades para estudantes domésticos são reguladas pelo Governo, as Universidades de Ontario podem cobrar quanto quiserem de estudantes estrangeiros. A média da tuition para estudantes internacionais em do programa de undergraduate arts and science em Ontario é de $23,510, praticamente 4x mais alto que o equivalente cobrado de estudantes canadenses ($6,327).

A tuition para estudantes internacionais na Universidade de Toronto começa em $41.920 por ano no programa mais barato. O equivalente para estudantes canadenses é $6.400.

“Definitivamente não é justo haver uma discrepância tão grande”, disse a estudante internacional Pratishtha Kohli. Kohli é aluna do curso de mestrado no Ontario Institute for Studies in Education, na Universidade de Toronto.

Kohli nasceu na Índia e morou nas Filipinas, Malásia e Hong Kong antes de se tornar aluna do curso de psicologia e criminologia da Universidade.

Estudantes internacionais sendo explorados pelas universidades?

Custos diferenciados

A Universidade se defende dizendo que as taxas são compatíveis com os valores cobrados por institutos de pesquisa universitários ao redor do mundo. Isso leva em consideração os “extras” necessário para estudantes internacionais. Que afirma é Richard Levin, diretor executivo do serviços de matrícula da universidade.

“Existe toda uma gama de suporte extra como ajuda com o idioma e orientação especial”, disse Levin. “É importante que os estudantes internacionais tenham uma ótima experiência com a universidade se nós quisermos continuar recrutando-os.”

As aplicações de estudantes estrangeiros praticamente dobrou nos últimos cinco anos. “Nós temos investido muito recrutando ao redor do mundo e também dentro do país. Eu acredito que estamos tendo bons resultados”.

Estudantes estrangeiros sendo explorados
Richard Levin diretor executivo dos serviços de matrícula da Universidade de Toronto (CBC News)

Estudantes estrangeiros representam 25% das novas matrículas da Universidade de Toronto e essa proporção deve se manter constante. Segundo Levin, estudantes internacionais não devem tomar o lugar de canadenses.

“Estudantes internacionais enriquecem a experiência para todos”, disse Levin. “Um estudante de Ontario que estude na U of T pode ficar na mesma sala que alguém dos Estados Unidos, da África ou da China. Isso é um componente muito enriquecedor na sua educação, independente do seu campo de estudo”.

Uma pesquisa do Governo Federal estima que o impacto na economia dos estudantes internacionais é de $11 bilhões anualmente. $5,4 bilhões apenas em Ontario.

O Governo provincial tem trabalhado em um novo programa desde o começo de 2016. A meta é trazer estudantes internacionais para o pós-secundário. Esse plano deve estar pronto até o outono deste ano.

Fonte: CBC News

Canadá Agora

Written by Canadá Agora

Tudo sobre o cotidiano e vida no Canadá, do jeito que você precisa. Informação, cultura, entretenimento e bom humor do ponto de vista de brasileiros e brasileiras que adotaram o Canadá como sua nova casa

Deixe uma resposta