De acordo com o Statistics Canada, 32.5% das pessoas utilizam transporte público, 8.2% andam a pé e 1.7% utilizam bicicletas. Ou seja, mais de 50% das pessoas ainda tem o carro como meio de transporte principal no seu trajeto diário para o trabalho. São mais de 800 mil pessoas cruzando e ficando paradas em rodovias, ruas e avenidas em um trânsito que fica cada vez mais complicado por conta de diversos problemas estruturais. Mesmo com esses fatores contra, Montréal tem uma rede de transporte muito eficiente e cheias de vantagens.

Aeroportos

Apesar de Montréal possuir cerca de 20 aeroportos, aquele que muita gente acaba conhecendo é o Pierre Elliot Trudeau. O Aeroporto recebe anualmente mais de 5 milhões de passageiros que partem com destino a todos os cantos do Canadá, Estados Unidos e Europa.

O Trudeau possui três alas distintas: doméstica, internacional e transborder Canadá/Estados Unidos, esta última dedicada a viagens entres os dois países. Ele possui dois níveis: o “térreo” é onde ficam as chegadas enquanto que todas as partidas saem do primeiro nível. Ele conta com restaurantes, hotéis, serviços de câmbio, áreas VIP, centros ecumênicos e tudo o que você pode esperar de um grande aeroporto.

Seguindo as modernizações que acontecem na maior parte dos aeroportos pelo mundo, o Aeroporto de Montréal conta com um serviço de self check-in que tende a diminuir o tempo de espera em filas para despache de bagagens, auto atendimento, etc. Na teoria isso funciona bem, mas é claro que a Lei de Murphy sempre vai colocar alguém mais perdido que cachorro que caiu de caminhão de mudança na frente do equipamento. O aeroporto conta também com seis grandes estacionamentos com opções que variam entre 16$ e 35$ diários e com translado gratuito entre eles e o aeroporto.

Linha 747

Lançada há alguns anos, a linha 747 da STM é um serviço de ônibus que custa apenas $9 e funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia, ligando o aeroporto ao centro da cidade de maneira simples e confortável. O ônibus possui serviço de Wifi gratuito e permite inclusive que você transporte sua bicicleta!

Quem possui os planos regulares da STM também tem direito de utilizar o serviço sem custos adicionais. Se você não tem um plano de transporte da STM, não tem problema. O pagamento da linha pode ser pago em dinheiro, desde que esteja trocado. É, eles não dão troco. Porém, você também pode adquirir os tickets da linha 747 em guichês e pontos de venda, em diversos pontos na cidade utilizando seu cartão de crédito.

AMT e ViaRail

Existem linhas de trem que chegam diretamente até o aeroporto também. Existe um serviço gratuito de minibus que faz o trajeto de 2km entre o aeroporto e a estação da VIA Rail em Dorval. Lá é possível pegar as linhas que vão até Ottawa, Toronto, Kingston, Québec e várias cidades cobertas pela AMT. Assim, você pode chegar e sair do aeroporto sem precisar nem mesmo saber o que se passa na cidade.

STM

A Societé de Transport de Montréal é a responsável pelos serviços de metrô e ônibus dentro da região de Montréal. Ambos os serviços tem o mesmo valor de tarifa, $3 exatos pagos na entrada do ônibus ou da estação de metrô. Além da tarifa individual, o usuário conta também com diversos planos de uso, diários, finais de semana, semanais e mensais, entre diversos outros que incluem até mesmo um específico para quem só uso no período da noite.

Montréal possui cinco serviços de ônibus:

  • Linhas de 10 a 249: linhas comuns que fazem trajetos regulares dentro dos bairros;
  • Linhas 300: funcionam após a meia-noite, de segunda a domingo. Nestas linhas você tem a opção de solicitar ao motorista parar em um determinado local mesmo que não seja um ponto, desde que o trajeto e o tráfego permitam;
  • Linhas 400: serviços expressos, que fazem menos paradas. Na sua maioria funcionam em períodos de maior tráfego, como no início da manhã e no final da tarde;
  • Navette Or (Ouro): foram concebidas especificamente para idosos;
  • Linhas 700: são ônibus especiais que fazem trajetos específicos. o 715 faz a velha Montréal e o Vieux-Port; o 747 interliga o aeroporto ao centro da cidade, o 769 vai até o parque de diversões “La Ronde” e o 777 vai até o casino.

Falando de metrô, a STM hoje é a terceira maior rede de metrô em número de passageiros atendidos por dia, ficando atrás apenas de New York e a Cidade do México. São cerca de 1,2 milhões de passageiros utilizando os serviços das quatro linhas oferecidas durante um dia de semana normal.

Apesar de estarem ligadas, as cidade de Laval e Longueil não são cobertas pela rede da STM, mas ambas possuem planos de integração onde o valor dos planos de uso são menores quando comprados conjugados com a STM. Entretanto, ambas as cidades possuem uma estação de metrô cada que permitem ao usuário embarcar ou desembarcar na rede da STM.

Trens

Mesmo com a quantidade de passageiros atendidos, a rede de metrô da STM está longe de ser capaz de atender a toda a extensão da cidade. Quem consegue pode contar com as linhas de ônibus que chegam até uma estação não tão distante. Senão, você é obrigado a dirigir até algum ponto que seja mais acessível. Algumas pessoas precisam utilizar o serviço de “train de banlieu”,  linhas de trem que possuem integração com a rede de transporte de Montréal, Laval, Longueil e outras localidades, que permitem aos usuários de maneira mais rápida entre as cidades geridas pela AMT.

Da mesma forma que o usuário que utiliza os serviços da SMT e da STL pode contar com tarifas diferenciadas, o mesmo também acontece com quem utiliza os serviços de train de banlieu. Existem pacotes mensais, de 6 unidades ou individuais com valores variando entre $4.25 (no caso de uma passagem única) e $151.00 (para passes mensais). Esses valores não são fixos e variam de acordo com a localidade viajada.

Bicicletas

Tanto Montréal quanto Québec possuem uma longa rede de ciclovias que cobrem praticamente toda a cidade. Montréal é uma cidade perfeita pra se desfrutar das magrelas. O passeio por sobre as ilhas artificiais construídas sobre o rio St-Laurent são apenas uma parte do passeio. Quem resolve se aventurar pode chegar até o extremo da ilha de Montréal, andar pelo circuito Gilles-Villeneuve, passear pelo Vieux-Port da cidade, cruzar a ruas St-Catherine, ir até o Biodomo, subir nas encostas do Mt-Royal e

Diferente de Québec, somente em Montréal é possível contar com o serviço Bixi, que permite às pessoas alugar bicicletas que podem ser utilizadas por toda a cidade e serem devolvidas em pontos especiais, pagando por isso tarifas que variam de $5 por 1 dia a $82.50 por 1 ano de assinatura. Existe um uma tarifa por tempo de uso que é gratuita até 45 minutos. As bicicletas são confortáveis, com lâmpadas LED à frente e atrás, uma cesta para de bom tamanho que permite transportar até mesmo compras não muito pesadas, além de campainha e sistema de rastreamento.

Mais informações: https://bixi.com/

Links

Written by Podeixar

Podeixar

O PoDeixar é o melhor programa sobre o dia-a-dia e a vida no Canadá em português. Criado por Masaru Hoshi e Lindoberg Gonçalves, dois brasileiros que vivem no Canadá e que adoram papo furado, o PoDeixar traz todas as semanas cultura, entretenimento, informação de maneira descontraída, agradável e irreverente, falando sobre assuntos variados sobre o dia-a-dia e a curiosidades da vida no Canadá.