Salut, salut!

Você como um bom leitor do nosso queridíssimo blog, faz muitas pesquisas, lê os posts, cozinha aquele belo purê, se aplica bastante pra sair do status de estagiário de imigrante e já até começou a mandar CV com batata palha para algumas empresas do Québec.

De repente! Um e-mail querendo marcar uma entrevista! E agora? O que fazer?

É isso aí! Você leu nosso post anterior Procurando trabalho no Québec, seguiu as dicas, mandou aquele CV todo perfumadinho para as empresas que tinha interesse, mas quando menos esperava… Querem marcar uma entrevista!

Isso é ótimo! Quer dizer que:

  • Seu CV está bem feito;
  • Seu perfil é interessante para esta empresa;
  • Você fez contato no momento certo ou;
  • Você é o Jaspion no que faz e agora chegou a hora de provar isso!

Entrevistas por telefone

Sim, sim. Essa é uma das modalidades de entrevista que existem por aqui. Eles ligam para você e começam a fazer uma entrevista. Ela pode ser agendada ou simplesmente eles ligam, perguntam se está livre e começam o questionário.

is_131003_vf9ek_travail-embauche-entrevue_sn635Essa entrevista, as vezes surpresa, é válida e pode eliminar você do processo seletivo. Portanto, não é porque você não está cara a cara com a outra pessoa que não irá se comportar. Lembre-se que você está falando com alguém do RH. Muitos estudam anos para entender comportamentos de todos os tipos, seja ele corporal, visual ou até pela voz do candidato.

Algumas vezes este questionário limita-se a perguntas sobre disponibilidade, interesse, perfil profissional e conhecimento da empresa, mas ela pode chegar à pretensão salarial e, se for o caso, porque quer trabalhar para eles.

Vale lembrar que estar preparado para uma entrevista não é decorar textos e nem tentar adivinhar o que podem perguntar, mas saber se comportar e falar o mais importante: suas competências, qualidades e conhecer o produto, ou seja, você mesmo. Ninguém consegue vender um peixe que não faz ideia de onde pescou.

Entrevista virtual ou pessoalmente

Estes dois tipos de entrevista funcionam da mesma forma. Você deve se vestir adequadamente, ter pesquisado um mínimo de informação sobre a empresa, conhecer a vaga e ter o perfil para ela, além do mais importante: fluência no idioma. Não vai querer se candidatar à vagas que pedem francês fluente com um francês do tipo “je m’appelle José” e só isso ou achando que seu inglês fluente é válido.

entretien-embauche-skypeLembre-se que está se candidatando à uma vaga de emprego e não à uma chance desesperada para sair do país onde mora. Mostre interesse pelo trabalho e não em sair correndo. Conheça a cidade para onde estão oferecendo a vaga. Rimouski não é a mesma coisa que Québec e o fato de você apenas querer chegar até aqui pode gerar uma frustração enorme em você e na empresa. Seu nome no mercado de trabalho pode estar em jogo.

Acredite ou não, alguns entrevistadores pedem para o candidato levantar durante uma entrevista virtual, para saber se ele não está com uma camisa social por cima e uma bermuda e sandália bege tipo Jesus. Portanto, muita atenção!

Aqui as entrevistas são feitas, geralmente, por um vice-presidente, diretor ou gestor de projeto e uma pessoa do RH. Não se assuste porque o VP está na sala entrevistando você, nem se for SÓ o diretor. No Québec a hierarquia não é tão forte e você não vai encontrar algo do tipo: coordenador, gerente, superintendente, diretor, diretor-executivo, vice-presidente, chefe do vice-presidente, mulher do presidente, empregada do presidente, governanta do filho do presidente, cachorro do presidente, etc, etc, etc.

Muitas vezes, o responsável por você na empresa e seu contato direto é um VP ou diretor. Isso evita o problema do telefone sem-fio e ajuda na gestão de pessoas e recursos da empresa. Acostume-se a participar de 5@7 com “os caras lá de cima”, eles também contam piadas.

O que devo evitar perguntar?

Não evite nada! Isso mesmo que você leu! Se você no Brasil nunca perguntou se pode trabalhar de bermuda quando estiver calor, aqui você pode fazer essa pergunta. Os entrevistadores levaram em consideração seu interesse, sem julgar sua pergunta. É claro que você não vai perguntar se pode usar a sala do chefe quando ele não estiver lá, mas pergunte o que for pertinente e que tenha ligação com a vaga e perfil.

Vale lembrar que o bom senso é importante e deve ser usado sem moderação. Algumas perguntas que você pode (e deve) fazer:

  • Qual a carga horária semanal;
  • Quais os benefícios;
  • Se tiver dias de folga, quantos são;
  • Como funcionam as férias e aquisição destas;
  • Se existe seguro de vida e plano de saúde complementar;
  • Se tiver club social, ele é pago;
  • Quantas semanas de férias são oferecidos;
  • Se há flexibilidade de horário e como funciona;
  • Caso exista escala, como ela é feita;
  • Como é feito o pagamento.

Já sei o que perguntar, o que devo esperar?

Show de bola! Você já aprendeu a perguntar as coisas sem medo de parecer um panaca brasileiro que tem medo de não gostarem da sua pergunta. Que tal saber o que tem de básico hoje no mercado de trabalho? Vamos lá:

854072-presents-depuis-quelques-decennies-horaires

  • Por lei, a carga horária máxima de trabalho é determinada pelo empregador e/ou Comissão Coletiva de Trabalho;
  • Em geral, as empresa contratam, a tempo integral, 35h, 37,5h e 40h por semana;
  • Apesar de o salário se calculado em horas, ele deve ser negociado no valor anual:
    • Exemplo: $45.000 por ano (bruto);
  • Os pagamentos são feitos em diversos formatos:
    • Mensal (vimos este poucas vezes);
    • À cada 2 semanas (bastante utilizado):
      • Este é pago 26x por ano, afinal, cada ano tem 52 semanas;
    • Bi-mensal:
      • Este sim é pago 2 vezes por mês, ou seja, 24x por ano;
    • Anual;
    • Semanal (sim, 1x por semana).
  • Muitas empresas pagam na quinta-feira;
  • O governo paga na quarta-feira;
  • Aqui não existe carteira de trabalho. Você irá assinar um contrato com todas as especificações definidas (férias, folgas, benefícios, etc);
  • Por lei, todos tem direito à 2 semanas de férias, ou seja, 10 dias;
  • Algumas empresas dão 3 semanas e outras até 4 semanas como atrativo para os profissionais;
  • Assim que você começa a trabalhar, você já tem direito as férias pro-rata;
  • As férias são contadas por dias de trabalho e não dias corridos:
    • Portanto, se você trabalhar apenas de seg-sex, os fins de semana não contam;
    • Os feriados também não contam, afinal, feriado é feriado.
  • Todos tem direito à, no mínimo, 8 feriados por ano;
  • Você não é obrigado a tirar todos os dias de férias de uma vez:
    • Você pode tirar 5 dias em uma semana;
    • Tirar 4 dias numa semana com feriado;
    • Tirar apenas 1 dia, emendando com o final de semana, etc.
  • TODAS AS EMPRESAS devem fornecer o auxílio medicamento:
    • É obrigação do cidadão CANCELAR o auxílio medicamento da RAMQ quando ela estiver contratada;
    • O não cancelamento pode gerar encargos no imposto de renda anual.
  • Você pode negociar férias, folgas, plano complementar, benefícios, carga horária semanal e não apenas o salário.

Estes foram alguns itens em que você poderá “trabalhar” no momento de uma entrevista ou uma possível contratação. Claro que esta lista não é exaustiva e ela varia muito entre empresas, cargos, profissão, local de trabalho, etc.

O fato de não existir algo equivalente a CLT do Brasil, facilita muitas negociações entre profissionais e empresas, assim como convenções coletivas de trabalho.

Como devo me vestir no ambiente de trabalho?

Nossa! Ótima pergunta! Mas não é pra nós, do Purê no Hot-Dog, que você deve perguntar, mas sim ao seu gestor direto. Cada empresa tem uma norma. Algumas, quando você trabalha em cliente, deixa aberto para você negociar com o próprio cliente e caso eles deixem você trabalhar de bermuda, por exemplo, você poderá fazê-lo.

a860f79e39b2367ffe9b762ded4191e6Outras empresas já exigem o traje social. Sem exceção. Tem empresa que autoriza os funcionários a trazer cerveja para o escritório na sexta-feira (Ubisoft por exemplo). Outras acham que você deve usar gravata até quando estiver em casa e na hora do banho. Existem outras que possuem até chuveiro para aqueles que fazem triathlon no caminho para o trabalho (bike, ônibus e subir 10 andares de escada).

Portanto, isso vai depender muito. Não tenha medo e nem vergonha de perguntar. Eles sempre terão o prazer de responder e ficarão felizes em saber que você está interessado em se comportar da melhor forma possível.

Referências e indicações

Querido blog Purê no Hot-Dog, já ouvi falar que aí no Québec eles pedem referências numa entrevista de emprego. É verdade que eles entram em contato ou é mera formalidade?

Querido amiguinho imigrante. Saiba que aqui referência é coisa séria. Não dá pra brincar com isso. Se você trabalhar direitinho (não estamos falando de puxar o saco ok?), quando você fizer entrevista para uma nova empresa, sua referência terá prazer em dizer que você faz tudo direitinho. Porém, se você não é um bom profissional, eles também dirão com o maior prazer.

Ter mas referências aqui é sinônimo de dificuldade pra conseguir novo emprego. Seja assíduo, cumpra os prazos, não faça horas extras sem autorização. Está com dificuldades? Levante a bandeira antes de todos os soldados estarem no chão! Aqui urgente é urgente. Pergunte sempre o prazo e o que esperam de você quando te pedem para fazer algo. Está com dúvida? Não tenha medo de perguntar. Mesmo que você goste do desafio de descobrir, isso tem limite e aqui esse limite pode te custar uma referência.

Quanto às indicações, acredite ou não, ser um bom funcionário também pode dar frutos. Algumas empresas pagam bônus por indicação. Isso mesmo. Quando você indica alguém para a empresa ela pode te pagar um valor. Já cheguei a ver empresas pagando até $3.000 por uma indicação e contratação do indicado. É claro que se você é um funcionário “marromeno”, uma indicação não será de muito interesse da empresa.

Assiduidade e prazos

No Canada a assiduidade é uma questão bastante importante. Seja na vida pessoal ou na vida profissional. Em alguns casos, o atraso pode ser considerado uma ofensa. Chegar atrasado para os compromissos profissionais (a entrevista conta) pode gerar um mau estar daqueles. Quando uma reunião é marcada para às 9h30 da manhã, 5 minutos antes dela começar todos já estão na sala. Chegar às 9h30 não é o certo, afinal, ela COMEÇA às 9h30. Esse é horário em que fecham a porta da sala e os assuntos relacionados começam a ser discutidos.

echeanceSe dizem que o horário é flexível, isso não quer dizer que você pode chegar às 11h da manhã e sair às 13h. Pergunte ao seu gestor quais são os parâmetros para isso. Muitas vezes a entrada deve ser entre 7h e 9h30 e a saída entre 15h30 e 17h. Mas repetimos, isso depende de empresa, cargo, profissão, etc.

Prazo aqui é coisa séria mesmo. Quando te pedem para entregar algo daqui 15 dias, não é daqui 5 dias e nem daqui 20 dias. Entregue o mais próximo dos 15 dias, nem que isso te obrigue a fazer mais devagar aquilo que você sabe que pode terminar em alguns nanosegundos. Caso não possa cumprir o prazo, informe o responsável, mas não dê uma de zé mané brasileiro desleixado e avise no dia que era para entregar. Informar que irá atrasar deve ser com um tempo de antecedência, para que os gestores possam tomar a ação correta.

Dúvidas específicas

Você tem aquela mania de querer tudo em detalhes e pesquisar tudo? Sem problemas! Deixamos aqui o link para o site do CNESST. Nele você pode pesquisar sobre folgas e faltas, salário, pagamento, demissão ou segurança e saúde do trabalho, entre outros.

Eles dão dicas e falam o que as leis determinam.

Bom, é isso aí! Esse post ficou bem grande, mas o assunto é bem extenso. Queríamos dar o máximo de dicas e informações possíveis. Esperamos que não tenha acabado nem o purê e nem as salsichas e acreditamos que agora você vai se comportar direitinho no mercado de trabalho quebeco!

Boa sorte e bom apetite!


Glossário deste post

  • CV – Curriculum Vitæ;
  • Jaspion – herói da TV na época da Rede Manchete e que tinha que aturar o bendito Satan Goss enfurecendo monstros ou fazendo eles ficarem gigantes;
  • RH – Recursos Humanos, no Québec também é RH;
  • VP – Vice-Presidente;
  • 5@7 – happy hour quebeco e que é literalmente das 17h às 19h (assiduidade… assiduidaaaade);
  • RAMQ – Régie d’assurance maladie du Québec;
  • CLT – Consolidação das Leis do Trabalho (Brasil);
  • Purê no Hot-Dog – blog que ensina um monte de coisas dá hora pra imigrar pro Québec;
  • Ubisoft – empresa de criação de jogos para consoles, computadores, aparelhos móveis e criadora da famosa série Assassin’s Creed (que inclusive vai virar filme em breve);
  • Assiduidade – aquele ato em que nós, brasileiros, não estamos muito acostumados de chegar no horário ou uns 5 minutos antes do horário marcado;
  • CNESST – Commission des normes, de l’équité, de la santé et de la sécurité du travail;
  • Quebeco – Québécois(e), pessoas que moram no Québec.

Written by Gianni Bueno

Gianni Bueno

Autor, criador de um blog estranho e comedor de hot-dog com purê.